Ideias para montar uma loja de cosmeticos

Ideias para montar uma loja de cosmeticos.

Ideias para montar uma loja de cosmeticos.

Matéria com ideias para montar uma loja de cosmeticos, confira!

Como montar uma loja de cosmeticos? Vejam uma ideia!

Investimento inicial: R$ 60.000
Equipamentos e instalações: R$ 50.000 (adaptação e decoração do espaço, vitrines, prateleiras, balcões, computador com internet, telefone, estoque para dois meses)
Capital de giro: R$ 10.000
Faturamento médio mensal: R$ 30.000
Funcionários: 3 (o dono e 2 vendedores)
Prazo de retorno: 24 meses

 

Vivian Neuls, da Estação do Banho: oferta de 1.800 produtos de 15 diferentes marcas

O Brasil é o terceiro mercado consumidor de produtos de higiene e beleza do mundo, atrás dos Estados Unidos e do Japão. O setor registrou em 2008 um volume de vendas de R$ 21,2 bilhões, 10,9% a mais que em 2007, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. O segredo para se conquistar um espaço nesse universo, na visão dos especialistas, está em atuar em nichos. “Quanto mais segmentado for o negócio, maior será a chance de driblar a concorrência dos supermercados e das grandes redes de farmácia”, afirma Francisco Caravante Júnior, da Consult Cosmética e Farmacêutica, consultoria especializada na área.

Foi o que fez a empresária Vivian Neuls, que em 2004 abriu a primeira loja de produtos para banho de Porto Alegre, a Estação do Banho. “A cidade não tinha nada parecido e a aceitação foi muito boa”, afirma. A loja trabalha com 15 marcas nacionais e estrangeiras, num mix de 1.800 produtos. “Um dos grandes erros de quem inicia o negócio é se deixar seduzir pelo apelo dos cosméticos. Você quer comprar tudo de todas as marcas, abarrota o estoque e depois é obrigado a queimá-lo em grandes promoções, porque o prazo de validade está se esgotando”, diz.

A Estação do Banho atende em média 20 clientes por dia, número que triplica em datas comemorativas como o Natal. Para atrair a clientela, oferece produtos não encontrados nas grandes redes, equilibra marcas de prestígio com outras de apelo natural, distribui amostras e faz promoções constantes. “As compras por impulso pesam muito, daí a importância de o ambiente da loja despertar o lado emocional do consumidor”, afirma Vivian. Com esse objetivo, ela trabalha cores e fragrâncias de acordo com a estação do ano — cítricas no verão, mais secas no inverno — e mantém uma pia logo à entrada para que a clientela teste os produtos.

 

Autor: revistapegn.globo.com
Fonte: revistapegn.globo.com
Foto: milclassificados.com.br

Compartilhe!

Como montar uma loja de cosmeticos passo-a-passo

Como abrir uma loja de cosmeticos?

Como abrir uma loja de cosmeticos?

Excelente artigo mostrando o passo-a-passo de como montar uma loja de cosmeticos, leiam e comentem!

Como montar uma loja de cosmeticos?

A maioria dos novos empreendedores ao montar uma loja de cosméticos pensa que seu público alvo será apenas mulheres. Para estes, há uma boa notícia: é bem mais amplo e diversificado. Você poderá vender tanto para mulheres como para homens, que estão frequentando cada vez mais lojas do setor em busca de novidades. Há ainda os profissionais da área de beleza que precisam de material como manicures, cabeleireiros, maquiadores, fotógrafos de linha de beleza, esteticistas em gerais, clinicas, entre outros.

Para entender como montar uma loja de cosméticos também é importante saber que o ramo é feito de tendências, e, portanto, altamente renovável. O empresário que montar uma loja de cosméticos e ficar ligado às novas tendências irá ter um bom lucro sempre, porque a procura por novos produtos é por fase, porém, sempre há uma nova fase surgindo e novos produtos chegando. Há a temporada de tinturas, depois os consumidores se voltam para esmaltes, depois para hidratações, e assim por diante.

Montar uma loja de cosmeticos ou comprar uma franquia de cosméticos?

Existem diversas possibilidades de escolher o ramo de negócio com o tema cosmético. Você pode abrir uma franquia de grandes marcas como O Boticário, Água de Cheiro, entre outras. Pode ainda revender apenas um produto, sendo uma autorizada de uma marca específica ou montar uma loja de produtos diversos voltados para a estética.

A terceira opção para montar uma loja de cosméticos tende a ser a mais rentável, visto que é possível trabalhar com produtos de marcas diversas e o cliente irá escolher o que é melhor para ele. É possível ainda atuar com diversas tendências na prateleira, podendo assim aumentar o lucro.

Enfim, o que vai determinar se é melhor montar a loja de cosméticos por si ou comprar uma franquia no ramo de cosméticos é a análise de mercado, financeira e operacional da futura empresa.

Como registrar a loja de cosmeticos

Como todo comércio, é preciso escolher um ponto, que pode ser comprado ou por aluguel. O ideal é em centros comerciais consagrados, em ruas movimentadas onde as pessoas já costumam transitar para fazer compras e irão passar pela frente do estabelecimento de uma forma ou de outra.

Depois de verificada a viabilidade financeira do negócio, escolhido o local e efetivada a contratação do aluguel, um dos primeiros passos para montar uma loja de cosméticos é registrar o seu estabelecimento comercial perante a junta comercial da sua cidade e prefeitura. É preciso encontrar um contador de confiança que irá cuidar dos trâmites legais para registrar o nome jurídico da empresa, o qual irá estar presente perante a Receita Federal, e o nome fantasia, o qual será mostrado na fachada, propaganda e na nota fiscal.

É importante registrar o nome fantasia também para que outras lojas de cosméticos não usem o mesmo nome e assim você tenha a exclusividade. É comum clientes irem a outros estabelecimentos por confundirem o nome da loja, estratégia que alguns comerciantes usam com má fé para atrair clientes.

Após a saída do registro na junta comercial e Receita, você terá seu nome jurídico e a possibilidade de ter nota fiscal, extremamente necessário aos clientes. O talão só pode ser confeccionado após a saída do CNPJ, o cadastro da pessoa jurídica. O contador também cuida desses passos. O valor de abertura varia de acordo com a cidade, porte e numero de funcionários.

Estrutura para montar a loja de cosmeticos

Na escolha do ponto comercial  para montar uma loja de cosméticos não é necessário um local com muita estrutura. É preciso prateleiras que podem ser e baias ou individuais, um caixa e uma vitrine de vidro para que os produtos fiquem expostos para quem passar na frente.

Os expositores podem ser comprados simples ou encomendados a marceneiros a preços bem em conta se comparados a lojas que vendem prontos. O letreiro pode ser luminoso ou em banner impresso, que é bem mais em conta, por em média R$ 150 em tamanho de dois metros de comprimento por um metro e meio de largura.

A iluminação é um detalhe bem importante da loja de cosméticos. Como se está trabalhando com produtos de beleza, ela precisa bem iluminada para que os clientes possam ler com atenção as embalagens, que possuem sempre letras pequenas. A maioria dos clientes deste tipo de mercado possui suas marcas preferidas, mas também procuram por inovações e sempre observam bem o que estão levando.

Produtos para montar uma loja de cosmeticos

A variedade de produtos no comércio voltados para a beleza é grande, então dá para fazer uma loja bem farta. Os principais itens que devem ter em uma loja de cosméticos são produtos para cabelo, unha, corpo e maquiagem. Já desta forma a variedade é bem ampla e dá para encher a loja tranquilamente.

Produtos para cabelo – Toda loja de cosméticos precisa ter o básico: shampoo, condicionador, creme para pentear, hidratação, tintas, tinturas e reparador de pontas. Já com estes itens é possível encher uma loja.

Para vender tais itens o ideal é entrar em contato com as marcas e comprar em grande quantidade a preço de atacado, que sai bem mais em conta que comprar em unidade. O lucro médio colocado nos produtos é de 40% por item e eventualmente baixar os lucros para fazer promoções.

Outra forma de aumentar os lucros ao montar uma loja de cosméticos é vender linhas profissionais, voltadas para profissionais de beleza como cabeleireiros e maquiadores. Tais profissionais usam produtos específicos no cabelo para serem usados no salão. São comprados direto com os fabricantes, que enviam representantes para oferecer os produtos e também dão boas sugestões de preços de mercado.

Produtos para unha – Os mais vendidos são esmaltes, algodão, removedor, lixas, alicates, palitos e afastadores. São produtos baratos e bem procurados. Como a concorrência é grande também com armarinhos, o ideal é investir em uma grande variedade de marcas de esmaltes que chamam a atenção tanto de manicures como de usuárias.

Investimento para montar uma loja de cosméticos

O investimento médio inicial para montar uma loja de cosméticos é de R$ 30 mil. Pode ser bem menos se o porte for menor, mas não muito diferente disso. É preciso levar em conta que a variedade de produtos é grande e cada vez mais surgem novos, por isso é preciso ter ao menos R$ 5 mil em caixa para esperar o surgimento de novas tendências.

Qual a quantidade de cada produto devo ter no estoque?

Saber a quantidade adequada de estoque inicial não é muito fácil, especialmente ao montar uma loja de cosméticos que conta com centenas de produtos. Por outro lado se você fizer um planejamento adequado certamente chegará ao valor inicial mínimo.

Para determinar a quantidade de estoque precisará para montar a loja de cosméticos você deverá levar em conta:

  •   A previsão de vendas para o primeiro período;
  •   O tempo gasto do pedido de compra até a entrega dos produtos;
  •   O giro de cada produto no estoque.

Qual a diversidade de estoque necessária?

Já a diversidade de estoque poderá ser encontrada visitando outras lojas de cosméticos. Você poderia, por exemplo, visitar outras lojas em outras cidades vizinhas com o mesmo perfil da sua cidade e tentar conversar com o proprietário. Como você vai abrir a loja de cosméticos em outra região, provavelmente ele lhe passaria informações importantes quanto à diversidade de estoque, uma vez que você não estará concorrendo com ele.

Como um conselho adicional não acredite em tudo que houve, há alguns representantes que só querem vender e não vão importar em lhe vender uma quantidade muito maior do que você precisa. Fique atento.

Alguns produtos mais caros, como no caso de loja de cosméticos que também vendem produtos para salão de beleza, como cadeiras, lavatórios e outros são disponibilizados apenas no catálogo, assim diminuindo a necessidade de estoque.

Qual o valor do investimento para montar a loja de cosméticos?

Para descobrir quanto você precisará para montar a loja, você deverá saber os valores:

  •   Estoque inicial;
  •   Investimento em reformas e benfeitorias;
  •   Equipamentos, computadores, prateleiras, etc;
  •   Capital de giro (e para isto precisará determinar como serão a política de vendas e compras à prazo);
  •   Reserva de contingência.

Assim, é preciso fazer um planejamento completo da loja de cosméticos para fazer uma previsão mais próxima do real. A primeira vista pode parecer um pouco complicado, mas quanto mais você planejar, mais conhecerá seu futuro negócio e mais chances de sucesso terá. Boa sorte.

Autor: novonegocio.com.br
Fonte: novonegocio.com.br
Foto: stylelove.fashionblog.com.br

Compartilhe!

Como montar uma loja de roupas passo-a-passo

Como montar uma loja de roupas passo-a-passo?

Como montar uma loja de roupas passo-a-passo?

Outro excelente artigo para quem quer saber como montar uma loja de roupas.
O autor montou um passo-a-passo com várias informações úteis, confiram!

Perfil do lojista

Você se vê dinâmico e sempre desperta o interesse por variações e tendências da moda, visto que ainda possui um bom dinheiro para investir em um negócio? Se sua resposta foi sim, o primeiro passo já foi dado que é o seu “interesse e envolvimento” estes servirão como engrenagem as demais ações. Além disso é importante você conhecer o seu perfil empresarial.

Agora dê o próximo passo, vá à busca do seu posicionamento de referência no mercado lojista, para isto se alie a um bom plano de negócios e planejamento de gestão. Este artigo traz alguns detalhes de um bom planejamento.

Como montar uma loja de roupas: primeiras diretrizes

Para consolidar sua ideia, antes de avaliar o mercado de concorrência, você pode levantar dados necessários do seu ponto lojista, como; O local é de fácil acesso? Há boa urbanização? Há segurança? Há movimentação de público? Existem outros lojistas no bairro?

Caso existam outros lojistas no bairro, avalie a concorrência; Procure excelência nos serviços, qualidade dos produtos ofertados, estrutura da loja, decoração, plano de relacionamento com os clientes, promoção, brindes e entre outras.

Com o resultado da pesquisa de concorrência em mãos, localize as falhas e diante destas, estruture ações que sua loja de roupas poderá suprir a carência da clientela.

Antes de começar a criar ações para o plano de serviços diferenciados da sua loja de roupas, levante dados da clientela como, poder aquisitivo se classe A, B ou C, só depois escolha o segmento lojista que mais convém ao seu público alvo.

O segmento lojista de roupas varia: lojas de roupas femininas, infantis e masculinas; lojas onde são oferecidas roupas e acessórios de marcas variadas (cabe a uma classe B em diante) Boutique com roupas de marcas exclusivas (cabe a uma classe A), lojas esportivas (cabe a bairros que possuam várias academias ou estrutura urbana que permita acesso a pratica de atividades esportivas), lojas de moda íntima, dentre outros que cabem a sua atenção como empreendedor.

Existem ainda diversas opções de negócios ligadas ao vestuário ou mesmo outros, para conhecer mais visite a área de idéias de negócios.

Escolhido o segmento lojista adequado, comece a criar seu plano de serviços diferenciados

No seu plano de serviços diferenciados  para montar a loja de roupas deve ser considerado:

  • Estrutura com áreas adequadas para; vendas – espaço de exposição do produto, caixa, empacotamento e entrega. Área de Estoque, escritório, vestiário e banheiro.
  • Decoração da loja de roupas desde moveis, pintura, iluminação, revestimento, tudo que influa uma comunicação visual adequada ao objetivo da sua loja.
  • Recrute pessoal qualificado – procure neles habilidades como, capacidade de identificar o perfil e necessidade do cliente, saber ouvir e atender bem os clientes, paciência, poder de negociação, equilíbrio emocional, presteza e agilidade e entre outras.
  • Ofereça promoção nas peças a cada final de coleção
  • A cada coleção nova ofereça brindes da loja no alcance de um valor determinado em compras.
  • Criação de cadastro de clientes, este chega a ser muito útil, por proporcionar maior conhecimento dos mesmos, em hábitos, gostos e tendências. Fica mais fácil em saber quais novidades agradará a maior parte dos clientes.
  • Facilidade em formas de pagamento
  • Seja Ético com seus clientes é valido dar uma olhada no código do consumidor, conheça seus parâmetros como empresário.
  • Segurança e higiene do local. E entre outras ações que você achar necessário.

Você já possui analise de concorrência e seu plano de serviços diferenciados, agora cabe levantar o investimento em financeiro.

Aspectos financeiros para abrir uma loja de roupas

Do financeiro, dar-se o ponto primordial que é passar do papel para idealização do negócio. Neste será necessário, destrinchar todos os custos essenciais como; pessoas, fornecedor, produtos e demais.

Liste alguns materiais que você deverá comprar para a estrutura da loja de roupas que são; Balcão de atendimento, araras, espelhos, provadores, prateleiras e estantes, telefone, fax, computadores, EFC- emissor de cupom fiscal, moveis de escritório- cadeira, mesa e arquivo.

Uma dica: Caso você possua concorrência na sua localidade? Não cometa o risco de calcular o preço de venda da mercadoria a partir dos custos e não chegar a um valor competitivo em relação aos concorrentes. Você pode fazer o contrário, comece a partir do preço de vendas praticado na sua concorrência, identifique seus custos e calcule seus lucros. Se o lucro obtido a partir dos preços da concorrência não for satisfatório? Sua loja deverá diminuir os custos.

Este tópico equivale a mais detalhes como, capital de giro mais faturamento, para maiores abrangências, você poderá adquiri-las com um plano de negócios completo. Veja também como conseguir financiamento para montar seu negocio, caso necessite de ajuda financeira para iniciar.

Planejamento para montar a loja de roupas

Defina sua missão – O que você almeja como referência ao montar sua loja de roupas que desperte interesse da clientela?

Formule objetivos: Com quais ações em serviços ou qualidade, você poderá alcançar sua missão?

Defina os planos para alcance: onde você poderá buscar mobilização para realizar estas ações, desde: pessoas, tecnologia, serviços terceirizados, produtos qualificados e entre outros.

Programe as atividades: dias, horários, prazos e metas

Organização da loja de roupas

Divida o trabalho: direção, gerência, caixa, vendas, estoque, limpeza, segurança e outros se necessário.

Designe as atividades: em horários, metas, dedicação e prazo.

Agrupe as atividades em setores e cargos: assim, você terá uma visão melhor para estruturar os funcionários em escalas e folgas. Válido, para loja que cumpre serviço de shopping ou turístico.

Definir autoridades e responsabilidade: essencial para agilidade e presteza nos serviços.

Direção da loja de roupas

Designar as pessoas: em cargos por qualificação e habilidades.

Coordenar os esforços: Manter seus funcionários integrados e dedicados as suas funções.

Comunicar: Mantenha seus funcionários atualizados com mercado de tendências e perfil da sua empresa. É importante eles terem a exatidão do seguimento da loja e objetivos da administração.

Motive: Indique palestras gratuitas sobre o varejo e tendências da moda a seus funcionários. Mostre que a busca por informação e atualização fazem a diferença.

Lidere: Com sabedoria, ouvindo seus funcionários e buscando melhorias.

Controle da loja de roupas

Defina os padrões que sua loja de roupas seguirá em vendas, recepção e serviços.

Monitore e avalie o desempenho dos seus funcionários e serviços: Avalie o interesse de alguns por melhorias e o recompense com promoção de cargo.

Ação corretiva: o objetivo maior de planos e avaliação é levantar correções para qualificação e melhoria, sempre.

Antes de começar a oferecer seus produtos legalize seu estabelecimento, procure a junta comercial do Estado ou o cartório de registro de pessoa jurídica, você poderá consultar antes o site da Junta Comercial e relacionar os documentos que serão necessários levar. Passado pela Junta Comercial, você recebera o NIRE (numero de identificação do registro de empresa) com NIRE será possível tirar o CNPJ feito pelo site da Receita Federal. Depois do seu CNPJ cadastrado procure a prefeitura para receber o Alvará de funcionamento. Procure também a Secretaria Estadual da fazenda para obter a inscrição Estadual do Estabelecimento, logo após, virá à inscrição do ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) depois cadastro na Previdência Social e por fim o aparato fiscal para impressão das notas fiscais de mercadorias da loja, você poderá obtê-lo na prefeitura. Tudo em ordem e legalizado, a loja estar pronta para abrir as portas.

Divulgue sua loja com entrega de folders pela região, sinais de trânsito e demais pontos interessantes (se possível contrate promotores simpáticos para desenvolver esta ação). Válido também, serviço de som, internet e rádio. No dia da inauguração realize boas vindas com promoções.

Abrindo as portas

  • Mantenha sua loja de roupas sempre atualizada com as tendências do mercado. Para isso, busque por palestras gratuitas de varejo, qualidade do produto, serviços, tendências e vitrine.
  • Procure se cadastrar em fóruns da web sobre lojistas, nestes sempre há troca de ideias interessantes.
  • Deixe disponível na loja para seus clientes uma caixa de sugestão para melhoria dos serviços.
  • Conheça o perfil de sua clientela, você pode realizar um cadastro de clientes mais abrangente com respostas opcionais com o intuito de saber um pouco mais sobre suas preferências, ou pode realizar pesquisa de satisfação. Depois, levante dados, como hábitos, gostos e tendências dos mesmos e adéque as novidades do mercado a sua clientela.
  • Realize reuniões interativas com seus vendedores e gerente uma vez por mês. Assim você humaniza sua administração dando espaço aos envolvidos para apresentar sugestões, praticidades e até correção.

Saiba que pra ser referência no mercado é necessário ter perseverança e envolvimento.

 

Autor: novonegocio.com.br
Fonte: novonegocio.com.br
Foto: estadao.com.br

Compartilhe!

Como montar uma loja virtual de roupas

Loja virtual de roupas. Como montar uma loja virtual de roupas?

Loja virtual de roupas. Como montar uma loja virtual de roupas?

No artigo abaixo você vai encontrar informações úteis e dicas para montar uma loja virtual de roupas, então não perca tempo e aproveite o conteúdo abaixo para saber como montar uma loja virtual de roupas!

Como montar uma loja virtual de roupas

Se você trabalha com moda e está sempre de olho nas últimas tendências já deve ter percebido que as vendas pela Internet aumentam a cada mês. E se você deseja mesmo vender roupas, saber como abrir uma loja virtual é o primeiro passo para você crescer e, acredite, este post vai ajudá-la nisso.
Ao criar seu site não há problema algum em comprar um tema pronto do WordPress. Além de ser integrado a várias ferramentas gratuitas do Google, optar por esta plataforma vai agilizar o lançamento do seu site e dar tempo livre para você investir na sua estratégia de negócios. Esteja preparado para lidar com questões típicas de uma loja física como estoque e segurança.

Use ferramentas gratuitas para montar uma loja virtual de roupas

A plataforma WordPress pode te ajudar bastante a entender como montar uma loja virtual de roupas. Para montar um e-commerce, o chamado varejo eletrônico, você pode escolher um tema previamente desenhado por um design e inserir seus produtos rapidamente. Além de poupar recursos com a contratação de um programador e um designer, economizar tempo com sua infraestrutura tecnológica vai permitir que você concentre-se na sua estratégia comercial, financeira e de marketing.

Uma das vantagens de usar uma plataforma pronta é que com um usuário e uma senha cadastrados você pode facilmente inserir produtos, começar promoções, criar rapidamente páginas novas com novas categorias de serviços, instalar plug-ins de redes sociais e ter um acompanhamento detalhado dos acessos a sua loja. Destaque para o Google Analytics, uma ferramenta gratuita oferecida pelo Google que lhe disponibiliza informações sobre os acessos ao seu site.

Você pode saber de onde vêm seus clientes: se vêm do Facebook, do Google ou de um site de notícias. Pode saber de qual cidade e qual o horário que seus clientes mais acessam. Saber o tipo de computador que eles acessam: se é a partir de celulares, tablets ou computadores pessoais. Isso pode ser útil para saber qual o melhor tipo de imagens usar para oferecer uma boa experiência ao seu cliente.

E todas essas informações vão ajudar bastante a conduzir seu negócio: começar promoções específicas, vender produtos de forma mais assertiva e até mesmo criar uma estratégia de marketing de alto impacto.

Montar uma loja virtual de roupas é lidar com problemas de uma loja física

Você sabe como abrir uma loja virtual com pouco dinheiro? Saiba que não é possível ter uma loja sem um CNPJ vinculado ao seu nome. Mas abrir um negócio com pouco dinheiro é a saída para milhões de empreendedores pelo mundo. Além de emissão de nota fiscal, a carga tributária que incide sobre uma loja física incidirá sobre a sua loja virtual.

O aluguel de um imóvel para estocar seus produtos dará lugar ao aluguel mensal de um bom serviço de hospedagem de sites. Lembre-se de que para exibir seus produtos você deve usar fotos de qualidade, ou seja, arquivos pesados que exigem capacidade de armazenamento e velocidade de processamento de quem vai hospedar seu banco de dados. Atenção com memória RAM e espaço em disco ao contratar um serviço de hospedagem.

A segurança de uma loja física, que vai proteger seu caixa de um roubo, traduz-se na Internet através da segurança dos seus meios de pagamento. E uma parceria com um serviço de qualidade, como PagSeuro e PayPal, pode deixar seus clientes à vontade para digitar o número do cartão de crédito e finalizar uma compra na sua loja sem medo de ter seus dados roubados.

No Brasil, registrar uma empresa ainda é um problema. Você acaba perdendo tempo indo a repartições públicas atrás de informações, preenchendo formulários e esperando, acredite, até três meses para abrir a sua loja. Com os recentes avanços tecnológicos, certamente em pouco tempo veremos a Internet emergir como importante ferramenta para um empreendedor abrir uma empresas.

Autor: Luiz Rodrigues
Fonte: oficialize.com.br
Foto: finissimo.com.br

Compartilhe!

Como abrir uma micro empresa

Como abrir uma micro empresa? Aprenda aqui!

Como abrir uma micro empresa? Aprenda aqui!

As informações abaixo foram disponibilizadas pelo SEBRAE para ajudar qualquer pessoa a abrir uma micro empresa e legalizar o seu negócio, confira.

Como abrir uma micro empresa?

A formalização gera oportunidades e ganhos para o negócio. A empresa formal tem mais chances de fechar parcerias, acessar a linhas de crédito, exportar e receber subsídios do governo. É mais segurança para os investimentos feitos na empreitada, que viverá em conformidade com as leis federais e estaduais.A informalidade é um risco para o empreendedor. Por exemplo, as mercadorias podem ser apreendidas pelo poder público e fica limitada a possibilidade de crescimento e de divulgação.A legalização de empresas depende da legislação de cada estado. Nesta página, você encontra informações que são comuns às leis das unidades federativas.

Guia prático para o registro de empresas

Caminhos e dicas para tornar esse momento empresarial menos complicado
Para uma micro ou uma pequena empresa exercer suas atividades no Brasil, é preciso ter registro na prefeitura da cidade onde vai funcionar, no estado, na Receita Federal, na Previdência Social, na Entidade de Classe e na Secretaria de Meio-Ambiente.
Mais informações

 

Naturezas e tipos de empreendedores

Conheça as nomenclaturas legais para os diferentes tipos de empreendedores e suas funções.
O empresário é a pessoa que exerce as atividades comerciais, industriais e de serviços comuns (não intelectuais) com um mínimo de organização básica e de forma individual. Já o enquadramento como artesão é uma questão não definida claramente.
Mais informações

Conheça as vantagens de optar pelo Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime especial unificado de arrecadação de tributos e contribuições devidos pelas microempresas e empresas de pequeno porte.Além de unificar e simplificar o recolhimento dos tributos, o Simples prevê isenção para as exportações e permite o desconto dos tributos pagos antecipadamente por substituição tributária e do ISS retido na fonte.Também reduz as obrigações fiscais acessórias exigidas de microempresas e empresas de pequeno porte.Acesse o site Lei Geral e saiba quem pode ser optante do Simples Nacional.

Registro do home office

A formalização de empresas que funcionam em casa traz segurança para os investimentos e direitos
O registro do home offices abre oportunidades de negócio para o empreendedor e o estimula a ampliar seus conhecimentos sobre gestão empresarial. Conheça as vantagens da formalização.
Mais informações

Profissionalização dos funcionários

Profissionalização intelectual, psicológica e motivacional de funcionários
De um modo geral, um trabalhador não chega à empresa convenientemente preparado para exercer a função para a qual foi contratado. A maioria dos funcionários trabalha com o que aprendeu na própria empresa, que deve investir na profissionalização não só intelectual, mas também psicológica e motivacional, como forma de aumentar a produtividade.
Mais informações

Autor: SEBRAE
Fonte: sebrae.com.br
Foto: sebrae.com.br

Compartilhe!

Plataforma gratuita para montar lojas virtuais

Plataforma gratuita para montar lojas virtuais

Plataforma gratuita para montar lojas virtuais.

 

Artigo mostra uma plataforma gratuita para montar lojas virtuais, lançada pelo SEBRAE em parceria com o MercadoLivre.

MeradoLivre e Sebrae disponibilizam plataforma gratuita para montar lojas virtuais

Em parceira com o MercadoLivre, o Sebrae, de olho no crescimento e no retorno financeiro que têm obtido os sites de comércio eletrônico no país, lançou uma plataforma para construção de lojas virtuais, voltada a micro e pequenos empreendedores. Com o nome de Primeiro E-commerce, a ferramenta irá auxiliar o empresário, mesmo sem conhecimento na área, a criar a sua loja virtual.

E o Sebrae enfatiza que “o projeto Primeiro E-commerce é resultado de uma parceria entre o Sebrae e o MercadoLivre para lançar uma nova ferramenta de apoio aos pequenos negócios. É uma plataforma tecnológica que permite a criação simples e gratuita de uma loja virtual para micro e pequenas empresas. Com a iniciativa, o empresário terá a oportunidade de inserir seus produtos no maior site de compras do país e de ampliar seu negócio em âmbito nacional”.

A experiência de abrir a loja vai ser mais ou menos como montar um perfil em uma rede social. O tempo de criação vai depender do número de fotos e do tipo de informação que a pessoa vai inserir ali, afirmou Helisson Lemos, diretor-geral do MercadoLivre no Brasil.

O serviço é gratuito, mas é cobrado o valor de 4,99% sobre o valor pago pelo cliente final de cada venda realizada, ou seja, o vendedor só paga se realizar algum negócio na plataforma. E a expectativa do Sebrae é que ao menos 3 mil negócios sejam lançados pela plataforma nos primeiros doze meses de funcionamento, um número viável, considerando que, segundo o Sebrae, “o comércio eletrônico deixou de ser tendência e se tornou uma realidade na vida dos consumidores. Para atrair a atenção e conquistar os clientes online, as lojas precisam ser atraentes, oferecer segurança e cuidar para que o processo de entrega seja feito com a maior eficiência possível”.

Além das vendas, a plataforma oferece ainda um canal de vídeos com informações, dicas e capacitações sobre a área.

Autor: Fabi Deschamps
Fonte: geeknaveia.com.br
Foto: bizcommerce.com.br

Compartilhe!

Guia gratuito: como montar uma loja virtual

Guia gratuito de como montar uma loja virtual.

Guia gratuito de como montar uma loja virtual.

 

O artigo abaixo fala um pouco do guia gratuito de como montar uma loja virtual desenvolvido pelo SEBRAE e APADI.

Como montar uma loja virtual?

Para ajudar os pequenos empreendedores a iniciar seus negócios na rede, foi lançado um guia para a criação de lojas virtuais.

O material foi desenvolvido pela Apadi (Associação Paulista das Agências Digitais), em parceria com o Sebrae-SP.

A versão digital do Guia do E-commerce pode ser encontrada gratuitamente no site da Apadi.

Em cem páginas, o guia ensina como montar uma loja na internet de forma profissional em nove passos.

Entre as etapas, estão a escolha da plataforma (serviço de hospedagem e tecnologia para funcionamento da loja virtual), desenvolvimento de logística e de conteúdo.

Também inclui glossário, com termos técnicos do e-commerce.

De acordo com Thiago Sarraf, líder do comitê que criou o guia, muitas pessoas acreditam que basta colocar o site no ar, pagando uma mensalidade para empresa que oferece a plataforma, para se ter uma loja virtual.

Porém, diz Sarraf, este é o custo menor. Para colocar o site no ar é a etapa mais simples. O empreendedor que deseja iniciar um negócio na internet deve estar atento a outras questões, como marketing, logística e a maneira como irá receber pagamentos.

Segundo ele, para se desenvolver um e-commerce de maneira profissional, é necessário um investimento entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão no primeiro ano.

Para Cláudio Coelho, presidente da Apadi, o guia terá o papel de provocar a reflexão dos empreendedores antes de iniciar a loja virtual:

“Costumo brincar que o guia serve também para desencorajar o empresário (quando não está preparado) ou fazê-lo ter certeza de que está fazendo a coisa certa. Ao conhecer melhor este assunto, pode concluir que precisa se preparar por mais tempo”.

Autor: Filipe Oliveira
Fonte: folha.uol.com.br
Foto: inter.net.br

Compartilhe!